Orientações – Parte 10

Solucionando o Cubo Mágico – Parte 9

1. Para posicionar um cubo vizinho, use uma seqüência trocadora de cantos, sem se preocupar com sua orientação por enquanto. Cuide-se de segurar o cubo com a face que contém os cubos a serem trocados na face superior.

2. Se houver apenas um cubo central entre um cubo de canto e seu lugar correto, execute a seqüência trocadora de cantos duas vezes, se você desejar que o quarto cubo, “atrás” dos três cubos que se movem permaneça em seu lugar.

3. Caso o cubo de canto não estiver na mesma camada, use uma seqüência trocadora de cantos para movê-lo para mesma camada e então execute a mesma seqüência mais uma ou duas vezes, dependendo de quais cubos deseja manter inalterados. Essa segunda situação se assemelha à parte 1 ou 2.

À cada seqüência, reposicione o cubo mágico de modo que a face que contém os cubos a serem trocados esteja voltada para cima.

Tendo chegado neste ponto, seu cubo deve estar com os oito cubos de canto em seus devidos lugares, estando alguns já com a orientação correta das cores e outros ainda errados.

Solucionando o Cubo Mágico – Parte 11

Compartilhar no Orkut